Notícias

28.11.2017

Primeiro módulo do curso “Cuidado Farmacêutico no SUS" é concluído com sucesso



Na última quarta e quinta-feira, 22 e 23 de novembro, foi realizado o primeiro módulo do curso “Cuidado Farmacêutico no Sistema Único de Saúde (SUS) – Capacitação no Atendimento”, no Aquários Praia Hotel. O curso foi uma iniciativa do Conselho Regional de Farmácia, junto ao Conselho Federal de Farmácia, com o apoio do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Sergipe (COSEMS). Ministradas pela professora Cinthia Caldas Rios Soares, as aulas serão divididas num total de cinco módulos.

 

Os módulos foram estruturados em encontros presenciais mensais por cinco meses, contando com teoria e prática, através de exercícios de simulação. “O farmacêutico, quando tem um foco clínico, consegue ajudar a garantir uma qualidade de vida para o paciente, e resultado terapêutico otimizado”, explica a professora Cinthia. 

 

A professora também falou sobre a dificuldade de propagar a realização do curso pelo país, movimento de suma importância para levar novos e melhores conhecimentos para a classe farmacêutica: “Se o Conselho Regional não abraça a causa, é impossível viabilizar [o conteúdo]. E aqui eu estou impressionada, muito feliz, muito contente, porque eu consegui, de fato, ver todo mundo unido para fortalecer esse serviço”.

 

O curso contou com um forte engajamento dos farmacêuticos inscritos, que demonstraram ânimo e satisfação ao fim do módulo. Para o farmacêutico Euler Nabuco, o curso foi muito interessante por mostrar um conteúdo inovador. “O curso mostra a retomada do papel do farmacêutico clínico, que tinha se perdido no passado, na época dos boticários, e hoje retoma o contato, a interação e o cuidado com o paciente”, conta.

 

“É um avanço para nossa categoria, que os profissionais estão se empenhando de alguma forma”, anima-se Nubilânia da Cunha, também farmacêutica. Em seu município, Moita Bonita, costumava haver desperdício de medicamentos, o que se mostra um problema passado. “Hoje, a gente vê que o que tem lá é só ganho. Acho isso muito importante”, afirma a farmacêutica em relação ao trabalho dos farmacêuticos sergipanos no SUS.

 

De acordo com a Conselheira Federal de Farmácia pelo estado de Sergipe, Vanilda Aguiar, existem muitos farmacêuticos na prestação de assistência com orientação aos pacientes nos postos de saúde do SUS, mas ainda há muitos municípios carentes desses serviços. “A ideia do Conselho Federal é atuar ativamente neste processo, para que muitos municípios sergipanos possam de fato implantar o cuidado farmacêutico dentro das farmácias do SUS”, conta.

 

O curso continuará em breve em seu segundo módulo, previsto para ser realizado entre os dias 13 e 14 de dezembro.







Copyright © 2017
Direitos Reservados